terça-feira, 9 de setembro de 2008

Casamento Maçónico

- Aqui, com os pés no Sol, minha rainha, com o braço direito te estendo o meu ramo duas vezes florido.
- Aqui, com os pés na Lua, meu rei, com o braço esquerdo te estendo o meu ramo duas vezes florido.
Pela estrela que nos ilumina e que o somos, pela pomba que nos despe o espírito velado e consciente, que do quatro florido na luz espelhado, animus / anima e nos projecta.
- Oh Lua, permite que se torne minha!
- Oh Sol, permite que eu o seja! Que caiam as convenções, que me dispa e me reveja na tua nudez, que a sombra dos dois uma só seja e assim exprima a nossa vigília consciente. Somos um na sombra negra, só o espírito nos une.
- Nossos corpos em Mercúrio mergulhados, como se mar fosse este amar de morrer, por morte não haver, o renascer.

Texto alusivo a um casamento maçónico por: Jónatas

2 comentários:

Anónimo disse...

LINDO !!!!
Sabedoria, Força e Beleza!
TAF

Mª de Fátima disse...

Ontem assisti um casamento maçonico, me emocionei bastante,é lindo,cheio de significados...
Fátima SRC.